Browsing Tag

Poesia

    Inspiração Relacionamento

    É sobre amor…

    9 agosto, 2017

    O amor maduro somente aceita viver os problemas da felicidade.
    Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer.

    VIDEOS

    O amor maduro não é menor em intensidade.
    Ele é apenas quase silencioso. Não é menor em extensão.
    É mais definido, colorido e poetizado.
    Não carece de demonstrações: presenteia com a verdade do sentimento.
    Não precisa de presenças exigidas: amplia-se com as ausências significantes.

    O amor maduro somente aceita viver os problemas da felicidade.
    Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer.
    Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.

    O amor maduro cresce na verdade e se esconde a cada auto-ilusão.
    Basta-se com o todo do pouco.
    Não precisa nem quer nada do muito.
    Está relacionado com a vida e a sua incompletude, por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso.
    É feito de compreensão, música e mistério.
    É a forma sublime de ser adulto e a forma adulta de ser sublime e criança.

    O amor maduro não disputa, não cobra, pouco pergunta, menos quer saber. Teme, sim. Porém, não faz do temor, argumento. Basta-se com a própria existência.
    Alimenta-se do instante presente valorizado e importante porque redentor de todos os equívocos do passado.

    O amor maduro é a regeneração de cada erro.
    Ele é filho da capacidade de crer e continuar, é o sentimento que se manteve mais forte depois de todas as ameaças, guerras ou inundações existenciais com epidemias de ciúme.

    O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa.
    Ele vive do que não morreu mesmo tendo ficado para depois.
    Vive do que fermentou criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados cheios de sementes.
    Ele não pede, tem.
    Não reivindica, consegue.
    Não persegue, recebe.
    Não exige, dá. Não pergunta, adivinha.
    Existe, para fazer feliz. 

    AMOR QUE NÃO COBRA – Artur da Távola

     

    Captura de Tela 2017-08-09 às 23.20.10

    Artur da Távola foi advogado, jornalista, politico e atuou como redator e editor em diversas revistas. Foi colunista de televisão nos jornais Última Hora,[3] O Globo e O Dia, sendo também diretor da Rádio Roquette-Pinto. Publicou diversos livros de contos e crônicas. Távola apresentava o programa Quem tem medo de música clássica?, na TV Senado onde demonstrava sua profunda paixão e conhecimento por música clássica e erudita. No encerramento de cada programa, ele marcou seus telespectadores com uma de suas mais célebres frases: “Música é vida interior, e quem tem vida interior jamais padecerá de solidão.”Grande observador, escrevia textos “completos”, isto é, que esmiúçam toda uma realidade para alcançar algumas verdades. Fazia isso ao refletir sobre sentimentos, especialmente relacionados ao amor, mas também sobre condições como a juventude, a timidez ou a solidão. Os temas podem parecer batidos, mas é justamente pela originalidade de pensamento que Artur da Távola se destacava.  Fonte: Wikipedia

    Eu adoro os textos do Artur da Távola e esse pareceu ilustrar perfeitamente o momento que estou vivendo. E não falo de “idade” não, JAMAIS, até pq me sinto muito jovem. O amor maduro pode ser vivido em qualquer idade, para isso é preciso ter respeito, valorização, presença, entrega, gratidão pelo que se tem, e principalmente, felicidade pelo que se está vivendo com alguém que abriu sua vida para “somar” e não “te fazer feliz” ou vice-versa.
    Essa foto linda com meu amor, foi tirada pela minha enteada Julia, enquanto apreciávamos um lindo pôr do sol aos pés do Cristo Redentor, RJ.

    Gostou do texto? Dá um like! Se tiver 30 segundos dá um “Oi” pra eu saber que passou por aqui. Se tiver 1 minuto se inscreve no blog assim você recebe aviso quando tiver post novo!

    Beijos da,

    ale_logo

  • Inspiração

    O MAIS É NADA

    Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem…

    7 julho, 2017
  • Inspiração Relacionamento

    Ela só quer, só pensa em namorar…

    Quem nunca fez uma simpatiazinha pra Santo Antônio? O nosso querido santo casamenteiro Santo Antônio, é um dos santos mais populares no Brasil devido aos seus poderes matrimoniais e, por isso, comemoramos o Dia dos Namorados…

    13 junho, 2017
  • Inspiração

    Quando me amei de verdade

    Para ler, reler e praticar… “Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E então, pude relaxar. Hoje sei que isso…

    24 abril, 2017
  • Inspiração

    É proibido

    É proibido chorar sem aprender, Levantar-se um dia sem saber o que fazer Ter medo de suas lembranças.   É proibido não rir dos problemas Não lutar pelo que se quer, Abandonar tudo por…

    23 abril, 2017
  • Inspiração Trabalhando com Alê

    Você é luz!

    “Nosso grande medo não é o de que sejamos incapazes. Nosso maior medo é que sejamos poderosos demais.”  “É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos assusta.  E à medida que deixamos nossa própria…

    18 abril, 2017
  • Inspiração

    ELA♥ALE

    Ariana sim, e de muita personalidade. Estilosa sim, única e de propriedade. Energia a mil, força e tenacidade. Criatividade intelectual, coração cheio de felicidade. Cabelo longo e com muitos cachos. Olhos marcantes, verdes, claros.…

    24 março, 2017